Acerca de mim

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Contrição


Ajoelho a Teus pés, Jesus, meu Senhor
E contrita Te peço misericórdia e perdão
É imensa esta ânsia no meu coração
Grande o desespero e imenso o temor…

De joelhos me prostro, Jesus, meu Senhor
À Tua bondade, nesta contrição
Que me esmaga o peito… e imploro perdão
Beijando-Te os pés, Cristo redentor…

Senhor, eu pequei, pequei, meu Jesus
Fui má, egoísta, mesquinha e vil
Nesta condição sinto a alma em pedaços…

Senhor, meu Pastor, manda-me uma luz
Que me mostre o caminho para o Teu redil
Que me guie e conduza para os Teus braços…

(Felipa Monteverde)

2 comentários:

teresa disse...

que lindo amiga ..
junto-me contigo neste acto de contrição e peço ao senhor perdão por todas as minhas faltas .

beijinhos ..

Folhas do silêncio disse...

Olá, . . .desapareci e voltei . . .não a esqueci. . . sei que vai reconhecer os meus escritos e conhecer um pouco mais deste meu nada ser.
Benções.
Abraço fraterno.

Al.( era em seguir Jesus, grupo orações tempo dos avós, obrigada por todo o carinho),
agora, sou

simplesmente maria