Acerca de mim

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

domingo, 28 de outubro de 2012

A fé de Bartimeu



Evangelho segundo S. Marcos 10,46-52. 

Naquele tempo, quando Jesus ia a sair de Jericó com os seus discípulos e uma grande multidão, 
um mendigo cego, Bartimeu, o filho de Timeu, estava sentado à beira do caminho. 
E ouvindo dizer que se tratava de Jesus de Nazaré, começou a gritar e a dizer: 
«Jesus, filho de David, tem misericórdia de mim!» 
Muitos repreendiam-no para o fazer calar, mas ele gritava cada vez mais: 
«Filho de David, tem misericórdia de mim!» 
Jesus parou e disse: «Chamai-o.» 
Chamaram o cego, dizendo-lhe: «Coragem, levanta-te que Ele chama-te.» 
E ele, atirando fora a capa, deu um salto e veio ter com Jesus. 
Jesus perguntou-lhe: «Que queres que te faça?» «Mestre, que eu veja!» respondeu o cego. Jesus disse-lhe: «Vai, a tua fé te salvou!» E logo ele recuperou a vista e seguiu Jesus pelo caminho. 


Este texto convida à reflexão sobre a nossa própria fé: ter fé não é simplesmente acreditar, é principalmente confiar...

Será que confiamos em Deus o suficiente e sempre, ou apenas conforme as circunstâncias?...

Vemos a nossa fé como daquelas que movem montanhas? Quantas montanhas já movemos?...

2 comentários:

✿ chica disse...

Profunda e linda reflexão aqui! beijos,ótimo domingo!chica

Ailime disse...

Boa tarde Felipa,
É isso mesmo. Fé é confiar no Senhor e acreditar que Ele não falta aos que n'Ele creem e seguem o Seu caminho. Não esmorecer nunca. Ele caminha a nosso lado. Bjs. Ailime