Acerca de mim

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Corte a corda!

(Imagem da Internet)

Dizem que um alpinista, desesperado por conquistar uma montanha, iniciou a sua escalada depois de anos de preparação. Como queria a glória só para si, resolveu subir sem companheiros.
Durante a subida o dia foi entardecendo e ele para ganhar tempo decidiu não acampar, e continuou a subir... por fim ficou escuro.
A noite era muito densa naquela parte da montanha, e não se podia ver absolutamente nada. Tudo era negro.
A lua e as estrelas estavam encobertas por nuvens.
Ao subir por um caminho estreito, a apenas poucos metros do topo, escorregou e precipitou-se pelos ares, caindo a uma velocidade vertiginosa.
Em desespero, vendo a proximidade da morte, sem solução, sentiu um fortíssimo solavanco, causado pelo esticar da corda na qual estava amarrado e presa nas estacas cravadas na montanha. Ficou suspenso.
E suspenso no ar não havia nada que pudesse fazer, então gritou com todas as suas forças:
- Meu Deus, ajuda-me!
De repente, uma voz vinda dos céus respondeu-lhe:
- Que queres que Eu faça?
- Salva-me, Senhor!
- Realmente crês que Eu te posso salvar?
-Com toda a certeza, Senhor!
-Então, corta a corda à qual estás amarrado!
Houve um momento de silêncio. O alpinista agarrou-se ainda mais fortemente à corda:
- Por que duvidas? Não crês que sou Deus e te posso salvar?
- Sim, Senhor, mas...
- Se crês em Mim, corta a corda!
Conta a equipa de resgate que no outro dia encontraram o alpinista morto e congelado pelo frio, com as mãos agarradas fortemente à corda, a apenas dois metros do chão...

E tu, cortarias a corda?
Às vezes, precisamos de tomar decisões que testam a nossa fé em Deus.
E nós, que estamos tão agarrados às cordas, será que a cortaríamos?
Devemos diariamente exercitar a nossa confiança em Deus, lembrando-nos sempre que Ele nos tem um amor imenso e quer o nosso bem.
(Autor desconhecido)

Então eu oro:

Senhor, Pai Santo e Todo Poderoso,
dai-me a fé inabalável que Abraão teve ao Vos obedecer,
no sacrifício da vida de seu filho Isaac;
de Moisés, conduzindo seu povo à Terra Prometida;
de Maria, que acreditou e aceitou ser a Mãe do Salvador.
Senhor, eu preciso tanto de alargar a minha tenda!
Preciso de uma fé forte, inabalável,
tanto quanto preciso do ar para respirar,
pois é renhida a luta, na vida.
Que eu não a retenha só para mim.
Que ela seja forte para ser exemplo.
Que ela transponha os meus portões.
Não me deixes titubear ao cortar as minhas cordas.
Que eu as corte deveras!
Ajude-me! Amém!

(Maria Luiza Saes de Rezende)

Copiei ´do blog da Maria Luiza mas modifiquei algumas palavras, para ficar em português de Portugal, peço desculpa.

9 comentários:

teresa disse...

gostei muito desta história ,, deixa-nos mesmo a pensar ,, é muito bom para reflectirmos ..

beijo

Regina F.Murbach disse...

Obrigada pela visita e pelo convite da caminhada. Eu já conhecia a história do Alpinista.Será que nós acreditariámos e cordaríamos a Corda. É preciso ter muita Fé,e nem sempre agimos com assim.Paz e Amor Abraços.Regina.

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Felipa
Essa mensagem nos revela o quanto somos sem fé... dependentes de Deus e da sua Misericórdia...
Que Ele nos conceda a graça de nos lançarmos à sua Santa Vontade sem oscilação!!!
Passo também por uma proposta em meu post de hoje...
Entre na roda com a gente!!!
Música bem aimada... gostei!!!
Bjs de paz e excelente fim de semana.

Lucinha Cullen's Garden and Cia disse...

Felipa,

Eu li esse post na Maria Luiza e me tocou muito.
Uma vez eu ouvi uma pregação, onde o pregador dizia: Devemos ter uma fé de qualidade.
Ou seja, não uma fé qualquer.
Você fez muito bem em postar novamente, é um texto muito bom para reflexão.
Um abençoado final de semana,
Beijos

DE MÃOS DADAS disse...

Felipa
este texto é lindo e eu gosto muito.
A propósito de caminhada....Vamos caminhar para a Páscua?
Como a caminhada do Advento?
Beijinhos

Alfa & Ômega disse...

Felipa, que legal, vc ter postado tbém,eu gostei muito, pena que algumas meninas daqui, comentaram para vc e não me visitaram, mas tudo bem. Valeu!!! Obrigada! Bjbjbjbj

Alfa & Ômega disse...

Aliás, Regina, que ontem esteve aqui na minha casa, para conhecer os filhotinhos da minha cachorra, tbém não visitou o meu o meu post. Rosélia a Orvalho do Céu, tbém não!!!! Acho que estou desprestigiada!!!!!

Anorinha disse...

Uma história simples com uma reflexão poderosa. Esta história é um bom exercício para o nosso inconsciente.

Vou usá-la numa reunião com o grupo de jovens!

Obrigada pela partilha...

Ailime disse...

Amiga Felipa,
Uma história que dá mesmo para reflectir e muito.
Será que cortaríamos a corda?
Até onde vai mesmo a minha Fé?
Muito obrigada, Felipa, por esta partilha.
Senhor"Não me deixes titubear ao cortar as minhas cordas."
Deixo-lhe um beijinho com votos de um Santo Domingo.
Ailime