Acerca de mim

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Novena pelos abortados - 4º Dia


«Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se corromper, com que se há de salgar? Não serve para mais nada, senão para ser lançado fora e ser pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte; nem se acende a candeia para a colocar debaixo do alqueire, mas sim em cima do candelabro, e assim alumia a todos os que estão em casa.
Assim brilhe a vossa luz diante dos homens, de modo que, vendo as vossas boas obras, glorifiquem o vosso Pai, que está no Céu.»
Evangelho segundo S. Mateus 5,13-16.

"Vós sois o sal da terra..."
Com estas palavras de Jesus inicio hoje a reflexão para o 4º dia desta novena. E faço-o lembrando uma vez mais a intenção dela: os abortados.
"Vós sois o sal da terra..."
Quantos de nós, sendo sal da terra, já nos deixámos corromper, deixando-nos atrair pelas obras do mundo?
Melhor dizendo, quantos dos que lêem este texto votaram NÃO no referendo ao aborto? São esses os que não se corromperam...

Quantos votaram SIM?
E quantos se abstiveram?
Não pensem que a abstenção nos iliba do pecado, pois também se peca por omissão.

Nesta mesma linha sigamos as palavras seguintes do mesmo evangelho:

"Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas: não vim para revogar, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo: Até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til jamais passará da lei, até que tudo se cumpra. Aquele, pois, que violar um destes mandamentos, posto que dos menores, e assim ensinar aos homens, será considerado menor no reino dos céus, aquele porém, que os observar e ensinar, esse será considerado grande no reino dos céus. Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus, jamais entrareis no reino dos céus"
(Mateus 5:17-20).

O aborto é um tema delicado, para algumas pessoas, mas a verdade é que o aborto é uma realidade cruel, não adianta enterrar a cabeça na areia, como a avestruz, pois a verdade de Deus, a Sua Lei, é sempre a mesma, não mudará.
E é Ele que diz "Não matarás", não sou eu que o digo.

Senhor, perdoa os pecados do mundo, abre aos homens os olhos do coração, para que Te encontrem e saibam interpretar as Tuas palavras e a Tua santa lei. Recebe as alminhas destes pequeninos seres que vagueiam na escuridão eterna, encaminha-os para a Tua santa Luz. Ámen.

1 comentário:

Acção Católica Rural de Viana do Castelo disse...

Nunca a verdade foi tão pura. Apesar de chocar e de ser tabu para muita gente, este é um tema que não deveria manter niguém calado.
Que Deus no guie pelas Suas veredas...