Acerca de mim

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Reflectindo com S. João

7º DIA DE NATAL


Meus filhos,
esta é a última hora.
Ouvistes dizer que há-de vir o Anticristo.
Pois bem, surgiram já muitos anticristos
e por isso sabemos que é a última hora.
Eles saíram do meio de nós,
mas não eram dos nossos.
Se fossem dos nossos, teriam ficado connosco.
Assim sucedeu para ficar bem claro
que nem todos eram dos nossos.
Vós, porém, tendes a unção que vem do Santo
e todos possuís a ciência.
Não vos escrevo por ignorardes a verdade,
mas porque a conheceis
e porque nenhuma mentira provém da verdade.
(1 Jo 2, 18-21)

Senhor, sabes como tenho andado ultimamente,
o que tenho sentido
o que tenho vivido
sabes as desilusões que tenho tido;
conheces a hipocrisia que tenho presenciado
e as palavras que tenho calado
para não espalhar conflitos e confusões;
mas conheces-me bem demais,
sabes que não consigo aceitar a maldade
a inveja e o fingimento sem falar
sem expressar na alma o que sinto
e dizê-lo ao menos com o olhar.
Sabes como é difícil calar
Tu nunca te calaste...

Sei o que tenho de fazer
para cumprir a Tua vontade
e a Lei da Tua Igreja:
amar sem medida nem juízos
amar sem me importar com comportamentos
ou opiniões contrárias
ao que vieste ensinar há dois mil anos
amar a todos e a qulquer um.
Mas amar não é difícil, difícil é calar...

Ajuda-me, Senhor,
a ser o que queres que eu seja.
Que neste novo ano
eu me converta ao Teu amor supremo,
que siga o exemplo da Tua docilidade,
que seja forte na fé,
que saiba dar o exemplo de vida cristã,
que saiba cumprir os Teus mandamentos,
mas, principalmente,
que tenha sempre presente as palavras
da oração que nos ensinaste:
"Assim como nós perdoamos..."

(Felipa Monteverde)

(Como sabem, no dia 1 e 2 de Janeiro qualquer um faz a reflexão que quiser e se quiser. No dia 3 seguiremos com a Sandra.)

7 comentários:

Fa menor disse...

A vida não é sempre fácil. Somos surpreendidos, no escorrer dos dias, por contrariedades e revezes; sofremos desgostos, desilusões, injustiças...
Mas o essencial é abrir-se sempre ao Amor, mesmo que sangremos por dentro.
Temos que saber sofrer com paciência as fraquezas do nosso próximo. Porque cada um de nós também é pobre e fraco.
Só o Amor de Cristo nos fortalece rumo à união.

Que em 2011 reine o Amor e a tolerância.

Bom Ano!

Beijinhos

RETIRO do ÉDEN disse...

Por tudo o que li acima e que retracta lindamente o que se passa nesta família...digo e repito para o meu interior:

«O meu alimento é a Vontade de Deus Pai»
«Perdoa-Lhes Senhor, que não sabem o que fazem»

Um Bom Ano cheio de Luz, Serenidade, Amor, Perdão,Saúde.
Forte abraço
Mer e família

DE MÃOS DADAS disse...

Amiga
Como diz a Fa há sempre coisas que nos ultrapassam, há sempre gente que não compreendemos, há sempre pessoas que nos desiludem, e talvez aquelas de quem mais esperávamos ajuda, mas a vida é assim.
Uma coisa é certa fez-se o melhor que se pode, e isso é o que Deus nos pede em cada situação dificil.
Desejo o melhor fim de ano e um um ano 2011 cheio de luz.
Peço desculpa se alguma vez sem querer magoei a si ou a alguém.
Beijinho da Utilia

Alfa & Ômega disse...

Felipa, o que tudo isso importa se você é amada por Deus até com amor ciumento? E você sabe sim, como afirmas acima; que tens que amar sem medidas, nem juízes. E fazes certinho. Vc pede para Ele te ajudar a ser o que Ele quer que sejais. O caminho é esse. Que Ele te conceda, Felipa, todos os seus mais ardentes desejos no ano que está por vir. Abraço imenso. Fique na Paz inquieta do Senhor!

Felipa disse...

Queridas amigas, obrigada pelos comentários.
Ultimamente tenho sofrido algumas desilusões da parte de quem nunca esperava, e tenho andado triste e magoada. Tenho pedido a Deus que me ajude a esquecer certas coisas, afinal eu também cometo erros, e tento viver a minha fé da maneira que eu entendo que devo viver.
Que Deus me ajude, neste novo ano, a esperar menos das pessoas, a amar sem julgar, mas há coisas que custam mesmo a superar.
Amiga Utilia, você não me magoou, aliás, ninguém da net o fez, isto são tudo questões pessoais.
Beijinho a todas e feliz Ano Novo, que está quase a chegar

Lucinha Cullen's Garden and Cia disse...

Felipa,

Eu me transporto para seus escritos. Sinto uma força tão grande em tuas palavras.

Não sei nem qual frase poderia destacar, pois todas são profundas, mas me pego clamando a docilidade do Senhor na minha vida.

Abraço,

Ailime disse...

Ó Filipa,
Estive a ver o seu presépio e não reparei que tinha feito a reflexão do 7º Dia de Natal.
Nada é por acaso. Estou para sair para ir à Eucaristia das 19h e vim verificar quem era a próxima amiga a colocar a reflexão.
Deparei-me com a sua muito bela e profunda reflexão baseada no Evangelho de S. João.
Gosto muito de S. João, o Apóstolo do Amor.
Não fique triste com algumas coisas que acontecem. Muito teria a dizer mas prefiro entregar a Deus e que em mim se faça a Sua Vontade. Oro com a Filipa também.
Deixo-lhe um beijinho e que neste Ano que agora se iniciou a Verdade nos encaminhe e a Luz do Senhor nos guie.
Que Deus a abençoe.
Um beijinho e abraço em Cristo.
Ailime