Acerca de mim

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Jejum


Durante a Quaresma cumpro os preceitos da Santa Igreja, cumprindo os dias de jejum e abstinência. Além disso acrescento um sacrifíciozito mais custoso: nada de sobremesa até à Páscoa :(

O padre Sandro, do blog Comunidades e eu, publicou hoje este texto sobre o jejum que achei muito interessante e copiei:

Estamos prestes a entrar na Quaresma. Todos os anos, por diversas vezes, sou abordado no sentido de explicar o jejum, que noutros tempos era de carne.Resolvi deixar aqui esta partilha, que talvez ajude. O jejum mais importante é aquele que tem como objectivo esvaziar o nosso coração de inutilidades para o enchermos do que é valioso. É uma limpeza necessária a fim de arranjarmos espaço na aula para as realidades sublimes para que Deus nos criou:
Procuremos Jejuar de julgar os outros, descobrindo Cristo que vive neles;
Jejuemos de palavras ofensivas, enchendo-nos e proporcionando expressões edificantes;
Jejuemos de descontentamento, enchendo-nos de gratidão;
Jejuemos de irritações, enchendo-nos de paciência;
Jejuemos de pessimismo, enchendo-nos de esperança cristã;
Jejuemos de preocupações, enchendo-nos de confiança em Deus;
Jejuemos de lamentações, enchendo-nos do apreço pela maravilha que é a vida;
Jejuemos de pressões que nunca mais acabam, enchendo-nos duma oração permanente;
Jejuemos de amargura, enchendo-nos de perdão;
Jejuemos de dar importância a nós mesmos, enchendo-nos de amor pelos outros;
Jejuemos de ansiedade sobre as nossas coisas, comprometendo-nos na propagação do Reino;
Jejuemos de desalento, enchendo-nos do entusiasmo da fé;
Jejuemos de pensamentos mundanos, enchendo-nos das verdades que fundamentam a santidade;
Jejuemos de tudo o que nos separa de Jesus, enchendo-nos daquilo que d´Ele nos aproxima.

Padre Sandro

4 comentários:

Lucinha Cullen's Garden and Cia disse...

Felipa,

Hoje estava refletindo sobre o jejum, enquanto caminhava de volta pra casa.
Lembrei-me que um ano, eu fiz um jejum de não tomar refrigerante.rsrs Mas como na minha cidade faz muito calor, era realmente difícil pra mim.
Consegui fazer, mas quando ia nas reuniões da Igreja eu tomava Guaravita, é uma bebida de guaraná sem gás.rsrs
Um irmã de caminhada percebeu que eu recusava refrigerante e me perguntou.rsrs Eu não queria dizer que era penitência, mas acabei tendo que falar. Foi até bom, ela meu deu uma exortada fraterna e disse que assim era fácil.rsrs
Refleti e concordei com ela.
Lembrando disso,eu vim conversando com o Senhor que queria um jejum diferente. Aí está ele, no seu abençoado post.
Obrigada Felipa e Pe. Sandro!

Dulce disse...

Olá Felipa
Este jejum agrada-me, porque este é o verdadeiro jejum.

"O jejum que Eu quero é este: acabar com as prisões injustas, desfazer as correntes do jugo, pôr em liberdade os oprimidos e despedaçar qualquer jugo; repartir o pão com quem passa fome, hospedar em casa os pobres sem abrigo, vestir aquele que se encontra nu, e não se fechar à sua própria gente. Se fizeres isto, a tua luz brilhará como a aurora, as tuas feridas vão sarar rapidamente, a justiça que praticas irá à tua frente e a glória do Senhor te acompanhará. Então clamarás, e o Senhor responderá; gritarás por socorro, e o Senhor responderá: «Estou aqui!»...Isaías, 58,6-9

Nesta caminhada, sejamos exemplo dum verdadeiro jejum.
Abraço em CRISTO

Alfa & Ômega disse...

Eu também fazia jejum, mas um padre me disse que se nós jejuarmos e não pegarmos aquela comida e dar para alguém , nada vale. Tenho esse tipo de jejum em e-mail e guardei. Vou mandar para vc. Bjbj!

Ailime disse...

Amiga Felipa,
Um "post" extraordinário. É assim que no meu fraco entendimento sinto também o verdadeiro Jejum
"Jejuemos de tudo o que nos separa de Jesus, enchendo-nos daquilo que d´Ele nos aproxima."
Com Ele caminhemos neste tempo Quaresmal.
Beijinhos e obrigada por esta partilha.
Ailime