Acerca de mim

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

sábado, 12 de março de 2011

Quaresma 2011 - 4º dia de caminhada

(Imagem da Net)

Depois disto, Jesus saiu e viu um cobrador de impostos, chamado Levi, sentado no posto de cobrança. Disse-lhe: «Segue-me.»
E ele, deixando tudo, levantou-se e seguiu-o.
Levi ofereceu-lhe, em sua casa, um grande banquete; e encontravam-se com eles, à mesa, grande número de cobradores de impostos e de outras pessoas.
Os fariseus e os doutores da Lei murmuravam, dizendo aos discípulos: «Porque comeis e bebeis com os cobradores de impostos e com os pecadores?»
Jesus tomou a palavra e disse-lhes: «Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas os que estão doentes.
Não foram os justos que Eu vim chamar ao arrependimento, mas os pecadores.»
Lucas 5,27-32.


Cristo na cruz clama em alta voz. [...] Oferece a paz, dirige-se a ti, desejoso de te ver abraçar o amor [...]: Contempla isto, bem amado! Eu, o Criador sem limites, desposei a carne para ser capaz de nascer de uma mulher. Eu, Deus, apresentei-Me aos pobres como o seu companheiro. Escolhi uma mãe humilde. Comi com publicanos. Os pecadores não Me inspiraram aversão. Suportei os perseguidores. Fiz a experiência do chicote, e «rebaixei-Me a Mim mesmo até à morte e morte de cruz» (cf Fil 2, 8). «Que mais poderia Eu fazer [...] que não tenha feito?» (Is 5, 4) Abri o Meu lado à lança. Deixei que trespassassem as Minhas mãos e os Meus pés. Porque não olhas para o Meu corpo ensanguentado? Porque não dás atenção à Minha cabeça inclinada (Jo 19, 30)? Aceitei ser contado entre o número dos condenados e, submerso em sofrimentos, morri por ti, para que tu vivesses para Mim. Se não te preocupas contigo, se não procuras libertar-te das teias da morte, pensa, pelo menos agora, em Mim que derramei por ti o tão precioso bálsamo do Meu próprio sangue. Olha-Me no momento da morte, e detém essa tua tendência para o pecado. Sim, cessa de pecar: custaste-Me demasiado caro!
Por ti encarnei, por ti também nasci, por ti submeti-Me à Lei, por ti fui baptizado, menosprezado pelas injúrias, detido, amarrado, coberto de escarros, escarnecido, chicoteado, ferido, pregado à cruz, dessedentado com vinagre, e por último imolado por ti. O Meu lado está aberto: agarra o Meu coração. Corre, abraça-Me: ofereço-te um beijo. Adquiri-te como parte da Minha herança, de modo que nenhum outro te possuísse. Entrega-te todo inteiro a Mim, pois Eu entreguei-me todo inteiro a ti.
(
Richard Rolle (c. 1300-1349), eremita inglês)
(http://www.evangelhoquotidiano.org/main.php?language=PT&module=commentary&localdate=20110312 )

Termino com uma pequenina oração popular:

Ai, meu Jeus
dai-me força, vida e luz
pra seguir Vosso caminho
e levar a minha cruz.

Amanhã seguiremos com a Dulce http://degraudesilencio.blogspot.com/

12 comentários:

Maria Luiza disse...

Rezo contigo: "Ai, meu Jesus, dai-me Força, Vida e Luz prá seguir Vosso caminho e levar a minha cruz". Felipa, minha amiga de além mar, preciosa oração, pois está inserida nas palavras , no pedido que Ele nos faz: seguí-lo sem temor algum. Parabéns pela linda caminhada!

Ailime disse...

Olá Felipa,
Como Jesus continua a apelar à nossa humildade, a que nos purifiquemos para melhor entendermos o significado da Sua Morte de Cruz e todo o sofrimento até aquele momento em que Se entregou por Amor de toda a humanidade.
Que saibams caminhar com Ele e que nos ilumine no sentido da nossa converesão olhando e aceitando todos de maneira igual.
Que Ele seja sempre o nosso exemplo de Caminho de Verdade e Vida.
Muito obrigada pela tua reflexão, profunda,que nos impele a mergulhar verdadeiramente no Mistério da Vida, Morte e Ressurreição de Jesus.
Um beijinho.
Ailme

Nova Civilização disse...

Amiga Felipa,

"Que mais poderia Eu fazer [...] que não tenha feito?"(Is 5, 4)

obrigada. Reflito no quanto estou indo ao encontro de Cristo e ralizando... Muito linda e profunda essa partilha. A quaresma nos pede isso, conversão diária, para que possamos também nos entregar por inteiro!

obrigada,

beijinhos

Gisele

Giovana disse...

Salve Maria!

Espetacular sua escolha para reflexão; propícia, concisa e muito salutar a escolha do texto deste Eremita para nossa caminhada.

Fiquei encantada e profundamente admirada em ler o texto. Irei nesta quaresma retornar a leitura de sua reflexão.

Que Deus a abençoe, fiquemos sob o Manto da Santíssima Virgem Maria, a Santa Mãe de Deus!


Parabéns!

Dulce disse...

Amiga Felipa
neste 4º dia de caminhada a escolha não poderia ser melhor. Tocou-me profundamente este texto que ressalta a entrega de Jesus por nós e ainda nos perdoa, abraça e nos chama.
Também quero ir neste caminho de luz. Sigo cantando assim:

Oh meu Jesus / És verdade e vida
Caminho de luz
Força que me ergue / quando estou vencida
Na dor e n`alegria / Por Ti minh`alma clama
Feliz ou sombria / Em Ti se refugia
Só porque Te ama

Obrigada. Que o Espírito Santo nos ilumine!
Abraço em Cristo e Maria

Marili Alves disse...

Linda reflexão, que Deus te abençõe e continuamos a evangelizar sem preconceitos pois Jesus buscava as pessoas mais diferentes desse mundo.
Firmes e fortes na caminhada quaresmal
Paz e Bem!!
Abraço fraterno

aguarela disse...

Olá Felipa!
Cristo na Cruz é o grande SIM que Ele dá a seu Pai.Isto,para que nós o imitassemos.Para nos dizer que não tivessemos medo.Para além da cruz,há uma Alegria e uma VIDA em pleno.
Excelente reflexão.Muito proveitosa.
Que ao chegarmos ao fim da Quaresma a cruz não seja um fardo,mas um sinal positivo,sinal de quem está firme na fé.

Paz e Bem!

joaquim disse...

Felipa, gostei muito desta reflexão e gostei muito também da oração popular que não conhecia.

Como a simplicidade é bela e verdadeira!

Um abraço amigo em Cristo

Acção Católica Rural de Viana do Castelo disse...

Cara Felipa,
É, realmente, este amor de Cristo que nos transforma em seres melhores. É esta dor e esta sede de o seguir que nos transforma...
Uma boa caminhada.

Lucinha Cullen's Garden and Cia disse...

Felipa,

"Por ti encarnei, por ti também nasci, por ti submeti-Me à Lei, por ti fui baptizado, menosprezado pelas injúrias"...

Precioso texto, onde vem nos lembrar que o sacrifício da cruz, não foi em vão.
Esse Jesus Crucificado que sofreu amargamente por nossos pecados.
A caminhada da Quaresma, é providência Divina, para que possamos refletir muito sobre a nossa fé cristã.
Abraço fraterno,

Rosa disse...

Belo texto, para ser lido, meditado e rezado.

Bom Domingo para todos os caminhantes.

teresa disse...

realmente ele deu tudo por nós ,, que mais poderia ele dar ou fazer ,,,,,, nada ..
gostei da reflexão ..

beijo ..